Conversamos com Sergio Chaves

Sergio Chaves (foto de Sissy Eiko)

Sergio Chaves (foto de Sissy Eiko)

No próximo sábado, dia 5 de março, receberemos Leandro Melite, Allan Ledo, Alexandre Lourenço e Sergio Chaves, todos unidos pela colaboração na Café Espacial. Conversamos por email com Sergio Chaves, um dos editores da revista. Segue o papo:

Como é o processo de fazer uma edição da Café Espacial?

Sergio Chaves – Diante das infinitas possibilidades que temos, o processo criativo da Café varia muito a cada nova publicação.

A Café Espacial é desenvolvida entre as demandas da Charlotte Estúdio (que mantenho junto do type designer Jefferson Cortinove) e continua a ser produzida de forma independente e, até mesmo por isso, aperiódica. Desde o início a proposta é reunir em suas páginas trabalhos autorais de diversas áreas além dos quadrinhos.

Hoje a gente conta com uma equipe rotativa de colaboradores a cada edição e também sempre abrimos espaço para novos autores, o que nos possibilita diversificar olhares e abordagens dentro do projeto editorial. Então, o desafio é dosar cada arte para que o resultado seja uma unidade homogênea, já que a sinergia muda bastante conforme as próprias colaborações (e colaboradores).

O que mudou nessas 15 edições?

Sergio Chaves – Naturalmente muita coisa mudou ao longo desses 8 anos de Café Espacial, acredito que a mais significativa seja seu amadurecimento gráfico e editorial, tanto na visão individual de cada um da equipe quanto no projeto como um todo. Mas no dia a dia não percebo muito, porque continuamos com a mesma paixão e motivação de sempre.

Fale um pouco do seu trabalho de roteirista.

Sergio Chaves – O tempo que passei estudando e me especializando na área editorial fez com que eu não escrevesse tanto quanto gostaria, mas felizmente tenho conseguido me dedicar cada vez mais a essa área ultimamente.

Aqui no estúdio, ocasionalmente, surgem demandas de HQs institucionais (aliás, meus primeiros freelas foram HQs que escrevi para uma editora educacional – isso há uns 9 anos). Mas há uma diferença no método de trabalho entre o material que produzo sob encomenda e o que faço independente.

Para as HQs encomendadas, sigo um briefing ou storyline que dita o caminho que a história deve seguir e normalmente já determinam o desenhista. É um processo interessante, desafiador, em que sempre tenho liberdade criativa desde que dentro das expectativas e objetivos do cliente, claro.

Já com os trabalhos independentes, a liberdade é absoluta, mas a produção só existe mesmo quando há uma boa parceria com o desenhista, pois a criação da HQ depende diretamente de sua dedicação e empenho – por isso é mais habitual eu pensar HQs que não sejam muito extensas.

Para esses trabalhos, geralmente convido o desenhista com a premissa da história e escrevo a partir do seu envolvimento (numa criação conjunta, mesmo), mas acontece também de eu escrever o primeiro tratamento de um roteiro idealizando um determinado estilo e quando encontro um desenhista que se encaixe (e tope), retomo o roteiro para adequar o que for necessário.

Poderia falar um pouco de Café Espacial apresenta – Entressafra?

Sergio Chaves – O álbum Entressafra é o último trabalho realizado pela dupla paranaense Eder S. Rodrigues e Allan Ledo, que estamos lançando pela série “Café Espacial apresenta” (em parceria da Editora Marca de Fantasia) e é um trabalho particularmente especial para mim.

Conheci o trabalho deles no começo dos anos 2000, época em que eles produziam o fanzine Sangrando até morrer. Foi um dos fanzines que mais me marcou desde quando comecei a ler quadrinhos, tanto que tenho todas as edições guardadas até hoje.

Quando pensei na criação da Café Espacial, eles foram dois dos primeiros que pensei para a revista. O Éder saiu na edição nº.1 e o Allan passou a publicar a partir da nº.2 (e com o tempo fizemos algumas HQs juntos, a mais recente foi publicada na Café nº.15).

Cheguei a publicar na Café algumas HQs dos dois que tinham saído no antigo site Nona Arte (do André Diniz), mas foi só no ano passado, em uma das conversas com Allan, que tomei conhecimento da história “Entressafra”, um material inédito concluído pouco antes do desaparecimento de Eder em 2007.

Entressafra aborda situações da vida cotidiana em torno das relações de trabalho, submissão e as formas de resistência frente ao capitalismo selvagem e, para mim, representa o melhor da narrativa dos autores.

Quais são os planos do editor e roteirista Sergio Chaves daqui em diante?

Sergio Chaves – A perspectiva é das melhores. Como editor, almejo ampliar minhas atividades no meio editorial, seja com a Café ou além dela. Tenho conversado bastante com algumas editoras sobre a ideia de publicação de autores não só nacionais como também argentinos e portugueses. Espero que em breve consiga fechar algum acordo para colocar em prática projetos que idealizo há tanto tempo.

Para a Café propriamente, temos traçado alguns planos para 2016 e 2017, tanto para nossas publicações independentes, quanto para possíveis parcerias com Editoras. Tenho estudado também a possibilidade de desengavetar a ideia de uma publicação eletrônica da Café – não exatamente a reprodução da revista impressa. Acredito que teremos boas novidades em breve.

Quanto aos roteiros, desejo produzir mais trabalhos a partir de agora. Nos últimos meses tenho me dedicado a um projeto pessoal que será minha obra mais extensa, já em desenvolvimento com o desenhista e talvez com lançamento para 2017, vamos ver (daí até poderemos incluí-la na celebração de 10 anos de Café Espacial, quem sabe?).

Esse post foi publicado em Convidados e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Conversamos com Sergio Chaves

  1. Pingback: Conversamos com Leandro Melite | Blog da Itiban

  2. Pingback: Como foi o lançamento da Café espacial + Dupin | Blog da Itiban

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s