Angouleme 2015

Terminou a 42ª edição do Festival Internacional de Quadrinhos de Angouleme, na França, que esse ano homenageou Bill Waterson, responsável pela arte do cartaz.

O Grand Prix ficou para Katsuhiro Otomo, criador de Akira. Já o Fauve D’Or, para o melhor álbum foi para L’Arab du futur, de Raid Satouf (prometido aqui no Brasil pela Intrínseca). Building Stories, de Chris Ware ficou com o prêmio especial do júri. Veja a lista completa de ganhadores no Universo HQ.

Vale destacar que duas publicações brasileiras ficaram entre as 30 finalistas de publicação alternativa (o vencedor foi Derive Urbaine – Un autre image): Máquina Zero e Fronteira Livre.

Anúncios
Esse post foi publicado em notícias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s