Koostella!

Koostella em Angoulême

Koostella em Angoulême (foto: Jerome Bihan)

Quinta-feira teremos o segundo Itiban Sessions do ano, com os quadrinistas Galvão Bertazzi, Pedro Franz e Koostella.

Para ir entrando no clima, conversamos rapidamente por email com eles. E o primeiro deles a foi o Koostella.

O cara mora na Europa, mas vem com alguma frequência ao Brasil visitar parentes, amigos e, é claro, lançar HQs. O Koostella vai lançar nada menos que cinco materiais no dia 21: Gefangene – Sem saída: Bônus track, Um morto que vive, Frotey Spectra e Grounfff!!! # 1 e #2. Para mais detalhes sobre os materiais e o restante da sua produção, visite o site da Crime da Mala Editions, editora e distribuidora do próprio artista.

Para conhecer uma obra dele, leia Cinzento, disponível de graça na internet.

1) Você mora na Europa atualmente. Como é esse trânsito entre cá e lá? De que forma esse movimento ajuda e atrapalha a suas HQs?
Koostella – Faz dez anos que vivo de lá pra cá. Acho que já me acostumei com esse trânsito. Atualmente eu moro em Basel, na Suíça, e isso me isola fisicamente do quadrinho brasileiro atual, fica mais complicado de trocar figurinhas com os camaradas quadrinistas daqui. Eu fico um pouco desaparecido, porém aprendi a trabalhar esse isolamento pra me recriar como desenhista. Eu acho que isso me fez perder alguns vícios do quadrinho nacional. Eu já não me preocupo mais em fazer piadas, ser engraçado ou até mesmo procurar parecer inteligente.

2) Qual é a diferença que vê entre publicar com uma editora e de maneira independente?
Koostella – Independente é mais rápido. Você não leva anos procurando alguém disposto a publicar suas coisas. E cada vez que você desenha algo, já sabe o que vai fazer com aquele material produzido. Isso empolga mais. Tá certo que a tiragem é pequena e a distribuição não é lá grande coisa. Mas meu objetivo não é ficar rico e nem ter meus quadrinhos sendo vendidos em super shopping centers. No blog da minha microeditora, a Crime da Mala Editions, eu deixo um itinerário, um plano que diz onde minha mala cheia de quadrinhos vai estar. E quem estiver interessado, vem ao encontro da mala e a gente conversa.

Koostella em Angoulême - França 2013

3) Quando surgiu a Crime da Mala Editions? Pretende publicar outros autores além de você mesmo?
Koostella – A Crime da Mala Editions surgiu no começo do ano passado, quando eu estava visitando o estande da Barba Negra no festival de quadrinhos de Angoulême, na França. Lá eu já comecei a vender meus quadrinhos independentes, só que ainda sem um selo sério. Uma madrugada, quando eu saía de um bar, em Basel, eu achei uma mala velha jogada na rua e acabei levando ela pra casa. Agora ela é meu estande ambulante. Apesar de admirar muito outros autores, eu ainda não sei se quero publicar coisas de outras pessoas. Talvez mais tarde. Isso tem que ser bem planejado.
4) Você tem produzido bastante material. Qual é o segredo pra tanta produção?
Koostella – O primeiro segredo é ter um objetivo final. Você saber para quê está desenhando. O segundo segredo é arrumar sua mesa de trabalho. Tirar toda aquela bagunça e aquele lixo que te impede de conseguir chegar até ela, sentar e desenhar alguma coisa que presta.

5) Você tem uma série com bandas que não existem. Qual é sua ligação com música? Tem outros projetos de HQ que envolvem a música?
Koostella – Eu sempre estive diretamente ligado à música alternativa, já tive diversas bandas e gosto de tirar sarro das peculiaridades toscas das bandas de rock, por isso criei uma série chamada de Enciclopédia do Rock Bizonho. Muitas bandas de rock são tão caricatas e têm uma convicção tão grande naquilo que fazem, que chega a ser engraçado. Quando eu tiver umas 100 tiras eu faço um livrinho.

Não se esqueça: dia 21, quinta-feira, 19h, Itiban: Koostella+Galvão+Pedro Franz+ autógrafo+bate-papo!

Anúncios
Esse post foi publicado em Convidados, Entrevista, Lançamentos e marcado , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Koostella!

  1. allisson jean disse:

    gostaria de saber se ja tem os volumes novos de sakura,soul eater dragon ball e se ja cehgou reborn

    Date: Mon, 18 Feb 2013 14:58:34 +0000 To: allisson-jean@hotmail.com

  2. Pingback: Galvão!! | Blog da Itiban

  3. Pingback: Pedro Franz!! | Blog da Itiban

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s